terça-feira, dezembro 27, 2005

Pra começar...

Primeiramente, eu gostaria de agradecer a Deus por ter me dado paciência e forças suficientes para não desistir desse projeto. Segundamente, agradeço ao meu querido amigo Helder que passou incansáveis horas pensando em um bendito endereço para o blog.
Há algum tempo queria retomar minha vida de blogueira, mas ainda não tinha definido como iria utilizar o espaço nem queria escolher um endereço à deriva (se bem que foi quase isso).
O sugestível foi um acidente. Depois de mais ou menos cento e trinta e sete tentativas frustradas, eis que susgestivel.blogspot.com was page not found
Mas pera aí, e o que é sugestível? Essa palavra existe? Ora, sugestível nada mais é que algo que pode ser sugestivo, ué!
Se Guimarães Rosa inventou palavras, por que não eu?

Um comentário: