terça-feira, maio 23, 2006

Ontem tive prova. Pior que prova, só prova de Introd. à Economia no frio.
Ai, aqueles textos, nomes, termos do economês...
Fiz como nos velhos tempos. Uma folha A4 dobrada ao meio com os principais assuntos dos textos escritos a lápis (não era cola). Sempre utilizava esse recurso pra estudar e, geralmente, dava certo.
Eu só não contava com uma coisa naquela noite: o branco. O famoso branco que fora mencionado poucos minutos antes da prova e que acaba com a vidade qualquer um.
Ao dar uma primeira lida na prova eu vi que tinha estudado tudo, estava tudinho na folhinha mágica.
Tranquilidade.
Confiança.
Bic preta na mão.
Um risco, um rabisco, uma resposta
O BRANCO
Qual era mesmo a resposta da 2?
Meu Deus do céu, acabei de ler isso. Eu vi isso agorinha. Como pude esquecer?!
Fechei os olhos e visualizei minha folhinha branca com as letrinhas pequenas e tortinhas. Apertava os olhos pra ver se conseguia ler. Buscava de todas as formas um zoom na minha memória fotográfica. Quando estava quase conseguindo...Ouço um barulhinho.
Meu Deus, o Helder já ta rabiscando a prova dele! - pensei.
Pronto, todo o raciocício foi embora...Agora nem psicografia dava jeito.
Aí veio a questão 3, a dissertação da 4 e eu entreguei a prova.
Meu único consolo é que VAI DAR CERTO! SEMPRE DÁ!

5 comentários:

A Ptincesa disse...

Ah, mas isso acntece sempre, com todo mundo. Pior que dá uma raiva enorme da gente né?!


eu tenho trêspor semana, acostumei :~

:*

#2 disse...

eu nem vi aquela prova direito...
conhece a palavra "azulado"? pois é, era eu...

#3 Alivido por ter feito economia antes disse...

Hummmm! Provas! Quem será que teve a infeliz ideia de inventar uma coisa tão massacrante para todos nós, alunos! Pelo menos desta vez eu não tenho com o que me preocupar. Mas a vida continua gatinha! Daqui a um ano isso acaba! E começa de novo! Um eterno ciclo vicioso! Até mais tarde! Beijin

Sheila disse...

economia? jornalismo? sei bem como é a incompatibilidade... hehe Quanto às meninas, quem sabe se são as mesmas? A arte imita a vida. E vice-versa. (ê clichezão!)

Helder Júnior disse...

Kkkkkk... Essa foi a desculpa mais esfarrapada q eu já vi, mas como sou teu amigo aceito ser bode espiatório... Ainda bem q eu terminei bem antes e deu tempo pra vc se recuperar, ou quando eu saí o povo continuou riscando a prova? kkkkkk...
Bjus