sexta-feira, maio 05, 2006

Sonho: [do latim somniu] – Efeito da emancipação da alma durante o sono. Quando os sentidos ficam entorpecidos, os laços que unem o corpo ea alma se afrouxam. Esta, tornando-se mais livre, recupera em parte suas faculdades de Espírito e entra mais facilmente em comunicação com os seres do mundo incorpóreo. A recordação que ela conserva ao despertar, do que viu em outros lugares e em outros mundos, ou em suas existências passadas, constitui o sonho propriamente dito...

Pra mim, só mais um momento de loucura.

Noite passada sonhei que uma amiga (já casada, dois filhos e professora de inglês) se apaixonava pelo Francisco Cuoco (ator global que um dia foi galã) numa roda de Capoeira.
Pra piorar, o marido dela (médico, estrangeiro e nem tão novo assim) descobria o "case" dela e entrava na capoeira pra tentar reconquistá-la.
Minha escova de dentes também quebrou no sonho.
Aí eu acordei...

* Acabou o jejum, fiéis leitores.

3 comentários:

#2 disse...

Vamos comemorar ao mais fiel e puro Einsenstein: HIP HIP!!! HURRA, valeu Dédinaaa!! Sonha com a gente, poxa vida.

#2 disse...

*estilo Einsenstein

#3 Because i got high disse...

Apesar de não acreditar em sonhos, adoraria sonhar com a Ana Paula Arósio... Hehe! A Alyne me mata se souber... Agora posso encerrar munha greve de fome... Tadin daquele outro Garottinho. Ahhhh!Tava meio gorducho mesmo!