sexta-feira, agosto 25, 2006

Dos brinquedos

Dos brinquedos

A infinidade de modelos, lançamentos, funções era de pirar qualquer criança. A cada intervalo de Carrossel, Show da Xuxa e desenhos a TV mostrava todos os brinquedos legais que uma criança deveria ter.
Nada de Americanas, Submarino...O bom mesmo era ir à Banho de Cheiro, ali nos altos da Galeria Meta. Lá vendia cama, mesa e banho e, é claro, as últimas novidades da Estrela. Um mundo encantando que durava enquanto a mãe fazia as compras, porque se não fosse Dia das Crianças ou alguma data do gênero, com certeza você iria sair de mãos vazias.



6 comentários:

Helder Júnior disse...

Até hj eu n entendo pq o nome daquela loja era "Banho de Cheiro" se não vendia perfume e pq "AgroBoi" é uma loja de materiais de construção com um nome desses...

Tiago disse...

Sempre preferi os brinquedos da Grow. Nossa, tinha cada coisa massa lá!

Carlos Leite disse...

Eu gostava daqueles bonecos da coleção do Rambo com fuzis e metralhadoras, carros de combate e canetas vermelhas para pintar sangue nas camisetas e no chão. Era tão saudável...

AQUINEI disse...

Só de passagem... last... fui...

A Outra disse...

Boas lembranças da infância!

Apareça lá em casa! :)

Rejão disse...

Cara você não imagina a saudade que tenho quando passo ali na galeria meta e lembro exatamente como você descreveu, acontecia justamente isso principalmente quando íamos alugar cartuchos de video-game, brinquedo que era bom nada mas vou te contar, uma vez consegui chorar e fazer com que meu pai me desse um jeep do jurassic park, daqueles de pedal sabe. Dia das crinaças bom era ali e no Mundo dos Plásticos que hoje em dia já não é mais a mesma coisa.