segunda-feira, julho 28, 2008

então...

Sabe uma palavra que não me entra?
"Trampando"
Eu não "trampo", meu amigo, eu trabalho! (e às vezes nem isso...)
Tenho essa frescura de não pegar expressões emprestadas por aí, apesar de tudo acabar se misturando facilmente nessa língua promíscua.
Certamente você nunca me ouvirá falando 'guria'. É uma palavra que mora muito longe pra eu agregar ao meu vocabulário como se ouvisse o tempo todo. É mais fácil ouvir eu puxando um 'maninha' que é super nosso.

2 comentários:

Camila Alam disse...

hahaha
trampo é mto coisa de paulista!! se vc morasse aqui, ia pegar, com certeza!! haha

bjos

Cronicamente Inviável disse...

E quando a pessoa diz: Capaz!