domingo, agosto 03, 2008

A mais pura verdade


O que pouca gente sabe é que eu não tenho muita paciência pra conversar ao celular (isso quando eu atendo).
Desde que roubaram o rosinha, perdi o tesão por modelos novos, sabe? Uso um Samsung antiiiigo (levando em consideração a atualização desses produtos no mercado), mas não tô nem aí. Só vou comprar outro quando ele morrer de vez.
Quando consigo atender sempre espero que seja um assunto rápido, com máxima economia de palavras e maior eficiência na mensagem. E olha que nem é síndrome de celular pré-pago, porque o meu é pós (mas nem pensem em me ligar a cobrar). Não sei bem explicar o que é, mas conforme o tempo vai passando e o assunto não se resolve e a conversar vai se extendendo, vai dando uma agonia, uma vontade de desligar e eu acabo soltando aquelas expressões de apoio do tipo "Então tá..." "Pois é...".
E não é com um ou outro, é com todo mundo. Juro!
Por isso, quando estiverem com grandes problemas, assuntos extensos ou só vontade desabafar, não liguem para o meu celular, mandem e-mail.

Um beijo e não me liga.

5 comentários:

Anônimo disse...

heldinho foi visto namorando de mãozinha dada na praça.. que cena meiga, bucólica, pitoresca, doce, melosa, cuti cuti...

Anônimo disse...

eu tirei essa foto! anthipáthica!!

Cronicamente Inviável disse...

Celulares. Para mim são um radar de detecção de problemas. Paciência ao falar no telefone, é eu também não tenho. Beijo.

Vladimir Batista disse...

Deda, ri muito do seu "Beijos e não me liga". Também sou ruim de falar ao telefone em geral. Mas gosto de celular, principalmente esses modernos, que tem fotos e email.
Bjs, Vladimir

patty disse...

Miga poxa nesses poucos anos de convivencia com vc nao sabia dessa sua aversão de falar ao tel, que bom que eu so falo com vc pelo msn, kkkkkkkkkkkkk

Bjos