sexta-feira, maio 23, 2008

da justificativas

Há algum tempinho decidi não falar de (todos) os meus problemas no sugestível. Não digo as reclamações e críticas do mundo cruel, porque isso é que o mais faço e o que alimenta esse espaço, mas de problemas mesmo.
Eu poderia chegar aqui diariamente e contar que ando trabalhando muito, comparado ao que eu estava acostumada, que deveria ter escrito algumas matérias antes e agora estou atrasada por causa disso ou que não tenho o reconhecimento que espero. Poderia também listar meus problemas pessoais, neuras, mágoas, anseios e assumir o quanto ando amarga, (mais) chata, enjoada e impaciente, mas decidi que não o farei. Não aqui. Nem pra ninguém.
Desabafar em um diário eletrônico é esperar que alguém chegue e passe a mão na cabeça ou que diga que as coisas vão melhorar.
Quem me tem como amiga sabe que aconselhar não é o meu forte e que em momentos tristes eu preferia mil vezes ouvir tudo e falar pouco. Mas parece que as pessoas me procuram mesmo sabendo que eu não tenho esse dom.
De uns tempos pra cá eu andei treinando, pra não parecer tão egoísta e insensível, porém, fracassei. Eu realmente não levo jeito pra coisa, principalmente agora que estou tentando mudar meu comportamento ao lidar com determinadas situações.
Por isso prefiro conversar sobre filmes, clipes, comida a ficar batendo na tecla que não está me fazendo bem. Também tô tentando parar com essa porcaria de sofrer por antecipação e me tornando mais adepta ao “Don’t worry, be happy!”, mesmo amanhã não sendo mais feriado.


Foto: http://www.flickr.com/photos/jwlphotography/1349276106/

Um comentário:

iris disse...

Ôoo nattércia se tu soubesse como adoro sua companhia msm nao me dizendo nada e tbm gosto de conversar contigo sobre esses assuntos q vc tbm gosta, é como se sempre me acrescentasse alguma coisa e q acho q acrescenta msm e é nesses momentos q percebemos como certas pessoas nos fazem bem e deixa a gente um pouquinho "grande" rsrsrs