quinta-feira, junho 01, 2006

A conspiração

Começo a acreditar que existe uma conspiração com o objativo de me fazer passar por situações constrangedoras.
Incrível como eu passo vergonha na rua!
Lá vinha eu linda e morena pelas calçadas de White River, nas proximidades da Secretaria de Comunicação, quando avisto um "Seu Zé" com a perna machucada, uma muleta e apenas um par de dentes na boca.
Ao me aproximar ele diz:
-Eu só quero um beijinho no rosto...
- Não.
Tento ultrapassar pela esquerda e ele impede a passagem com a muleta.
-É só um beijinho.
- Nãão!
Tento a saída pela direita e ele não deixa eu passar.
A calçada já não tinha mais espaço. Havia uma arbusto impedindo a fuga e um carro estacionado atrapalhando.
Lá vem ele com tudo e eu saio correndo pela rua
- Nãããããooooo!
Ele sai resmungando:
- Tudo bem, tudo bem, eu não sou o Latino, mas eu sei latir: au au au!

Valei-me!

* Minha mãe diz que eu tenho um cupido pobre.

5 comentários:

Helder Júnior disse...

Mas pq mesmo q ele queria t dar um prêmio: "bjin"?

Sugestivel disse...

Eu sei lá, Dinho!
Acho que é doido tbm...

Hermington Franco disse...

Podia ser Jesus te testando sabia?

Sugestivel disse...

Ai, papai!
Daqui a pouco vão querer que eu mande esse texto pra 15 pessoas, senão algo muito ruim vai acontecer.

Helder Júnior disse...

Tipo "O Auto da Compadecida", hum... Bela teoria...