quarta-feira, abril 02, 2008

amiúde

A frase mais certa da vida é que pensar enloquece. Quando não enlouquece, rende reflexões absurdas e bestas, como por exemplo:

“Eu desço dessa solidão
espalho coisas sobre um chão de giz
há meros devaneios tolos a me torturar
fotografias recortadas em jornais de folhas,
amiúde”

Chão de Giz – Zé Ramalho

Nunca na vida ouvi outra pessoa falar ‘amiúde’. Eu só canto 'amiúde' com o Zé e nunca saberia que significa ‘repetidas vezes’ se não fosse olhar no dicionário.

Outra:

“Aqui nesse mundinho fechado ela é incrível
Com seu vestidinho preto indefectível”

Garota Nacional – Skank

Eu sempre cantei ‘indefectível’, mas não lembro de ter usado a palavra em outra ocasião, muito menos de saber que é o mesmo que ‘infalível’.
Deve ter uma penca de outras palavras solitárias que quase ninguém fala e que estão perdidas por ai, mas lembrar que é bom...


2 comentários:

Helder Júnior disse...

Eu falo amiúde, amiúde.

Vladimir disse...

Deda,
Amiúde nunca usei, mas é uma palavra muito bonitinha, né? Agora indefectível já usei e ouvi um pouco, talvez seja mais comum em algumas regiões.

Mas nessa sua lista não pode faltar o "adjudicar" do Claudinho e Buchecha, lembra? "Se o destino adjudicar / esse amor poderá ser capaz, gatinha." Hã? Adjudicar?

Bjs, adorei o post, Vladimir