sexta-feira, novembro 07, 2008

desabafo

Uau, hein?

Desde o dia em que um abençoado apareceu lá no meu trabalho e se despediu com um “tchau, princesa” que sou submetida a sessões diárias de tortura sonora. Sou obrigada a ouvir Princesa, de Amado Batista pelo menos uma vez ao dia.
Como não gosto de sofrer sozinha, compartilho a letra com vocês:

Ao te ver pela primeira vez
Eu tremi todo (tchu-tchu-tchu-tchu)
Uma coisa tomou conta
Do meu coração... (tchu-tchu-tchu-tchu)

Com esse olhar
Meigo de menina (tchu-tchu-tchu-tchu)
Me fez nascer no peito
Esta paixão...

E agora não durmo direito
Pensando em você (tchu-tchu-tchu-tchu)
Lembrando seus olhos bonitos
Perdidos nos meus...

Que vontade louca
Que eu tenho
De tê-la comigo (tchu-tchu-tchu-tchu)
Calar sua boca bonita
Com um beijo meu...

Princesa!
A deusa da minha poesia
Ternura da minha alegria
Nos meus sonhos quero te ver
Princesa!
A musa dos meus pensamentos
Enfrento a chuva o mau tempo
Prá poder um pouco te ver...

4 comentários:

Nayara Lessa disse...

Alguém aqui me ofendeu!!! rsrssr... tu nun gosta de ser princeza não é??

Victor Manfredine disse...

preciso rever meu conceito
do que é ser brega.
..
pq isso aki não é nenhum pouco!
=D

Anônimo disse...

olha que lendo a letra assim... achei até bonita

Angelo Douglas disse...

O abençoado chama-se PRINCESO! rsrsrs