segunda-feira, novembro 03, 2008

Just smile!


Estou usando aparelho há três meses. Não é um daqueles aparelhos convencionais, cheio de fios e liguinhas coloridas como a gente conhece. É uma placa, pejorativamente chamada de chapa, que custa mais caro e incomoda mais.

Precisei usá-la porque, segundo o dentista, eu tenho uma porrada de problemas no maxilar que ocasionam uma dor de cabeça chata, além de deixar minha mastigação assaz barulhenta. A decisão de colocar foi minha, mesmo assim não consigo me acostumar com esse corpo estranho na boca. Ele mudou radicalmente meu modo de vida.

O dentista disse que eu logo me adaptaria. Mentiu Até hoje não consigo falar 333 e, quando falo, a mensagem não chega ao receptor. Há um ruído na comunicação, entende? Quando atendo o telefone ninguém reconhece minha voz e compreende o que eu falo.

Com o meu jeito aperriado, as palavras saem atropeladas e com aquele som fofo, como se eu estivesse com uma bala na boca 24h do dia. Um colega do trabalho já falou que se eu não reaprender a falar, vou acabar sozinha no mundo e ninguém mais vai querer ser meu amigo. Já não bastasse todo o transtorno causado, agora ele está modificando a estrutura dos dentes e me deixando esteticamente depressiva.

O sorriso já não é o mesmo e eu passo a noite vendo fotos antigas e me perguntando "Por que diabos eu fui mexer no que tava quieto?". Tá certo que eu não sinto mais dores de cabeça, mas o que é uma dorzinha de cabeça comparada a toda uma vida social? A cada dia eu me vejo mais parecida com a Amy Winehouse (sem o topete nem o lápis borrado, sem as drogas, o álcool, o dinheiro, a puta voz, mas com aquela dentição invejável).

A solução é ensaiar um novo sorriso. Estou tentando desenvolver um "sorriso simpático para eventos sociais e futuras fotos do orkut " que não mostre os dentes. Passo horas treinando, mas não consigo sair do velho sorriso amarelo. É difícil treinar uma nova feição depois de tanto tempo...

Meu medo é fazer todo esse investimento e me tranformar em uma dentuça solitária. Aí é brincadeira!

5 comentários:

Jéssinha disse...

tava esperando uma foto pra ilustrar todo esse drama! =P

Nattércia Damasceno disse...

Minha? Nunca!

iris disse...

amiga nao acredito q tu entrou nessa onda de achar q nosso eterno sorriso lindo ainda não tá bem, e entra na onda do perfeccionismo e dá a maior merda.
Que pena q nao posso dizer o msm q vc me disse na minha época em q ficou um buraco na frente parecendo-me banguela: q um dia ja foi pior! rsrsrsr
Mas,por outro lado,posso te dizer q um dia vai ficar ótimo.

bjs

Helder Júnior disse...

Enquanto eu não souber de algum caso de morte por falta de uso do aparelho, não me renderei.

patty disse...

Amiga eu sei bem o que vc esta passando pq eu tbm demorei a me adaptar ao aparelho que eu utilizo e pior ainda foi me adaptar a tal banguela, isso pois tive que extrair tres dentes em perfeito estado pra usar esse tal do aparelho, aff, hoje nem posso dar o meu sorriso escancarado pq sai nas fotos a minha linda banguela, e pra piorar tudo meu dentista me deu um prazo de dois anos pra retirar o tal do aparelho, hoje ja estou caminhando para os tres anos de convivencia com o dito, aff, so to te dizendo isso que vc não é única no arrependimento. Bjão