quinta-feira, setembro 13, 2007

Eu amo um lombo pequeno

Eu tava esperando ela fazer alguma coisa bem legal por mim pra eu escrever alguma coisa pra ela, mas como todo dia ela diz que me ama e implora por atenção, aqui estou.
A lombinho, também conhecida como Rafaella (assim, com dois "l") vive lá em casa há 16 anos. Ela dorme no quarto ao lado, mas passa a maior parte do tempo no meu. Ela usa meu espelho, meus brincos, colares, pulseiras, perfumes, roupas, sapatos, pinça, esmalte e tudo mais que for meu. As minhas coisas são bem mais interessantes, apesar dela ter bastante coisa parecida. Mas, como é dela, não tem graça. O legal é pedir emprestado.
Os seis anos que nos separam já fizeram muita diferença. Hoje brigamos menos e conversamos mais (muitos mais, porque ela consegue falar mais que eu).
Somos diferentes. Ela é morena e eu sou amarela. Ela é vaidosa. Usa cremes e hidratantes, máscara para o rosto, rodelas de pepino no olhos, colher gelada contra olheiras e, se pudessse, ia à manicure todos os dias.
Ela não gosta de coca-cola e nunca almoça, mas come rúcula e tomates.
Não come peixe.
Adora picanha mal passada.
Ela tem força pra me bater, mas sempre deixa o chuveiro pingando.
Ela detesta minhas expressões faciais enquanto assisto tevê e joga almofadas em mim.
Ela gosta de hip hop, negões sarados e aprendeu inglês com os clipes da MTV.
A lombinho me chama de mana mesmo quando está irritada. Eu a chamo de lombinho porque era a sua palavra mais odiosa da vida inteira. Ela já acostumou.
Nós dançamos e cantamos juntas. Ela me maquia e ri das minhas piadas.
Aliás, ela adora contar piadas, mas nem sempre são boas.
Ela é minha fã e gosta de ler o que eu escrevo, mas sempre me chama de safadinha.
Ela faz muitas perguntas irritantes e consegue me tirar do sério facilmente sempre que pergunta "Quê???"
Ela não fala mal de mim e me empresta as coisas sem reclamar.
Arrota feito porco e pede desculpa mesmo sabendo que eu não vou desculpá-la, porque eu já expliquei que a gente só pede desculpa quando isso acontece sem querer.
Ela joga lixo na rua e tem medo de borboleta grande.
Ela é muito bonita, mas é "pensa" pra um lado.
Ela sonha com um corpo perfeito e já prometeu mil vezes que não ia mais usar chapinha. Ela nunca consegue cumprir.
Ela usa blush pra ir à escola e sempre senta à mesa com os pés esticados, invadindo a minha área.
Ela tem mil defeitos e qualidades, mas é minha irmã, fazer o quê...
*Ah, e ela tem a voz parecida com a minha ao telefone, mas não aceita isso.

3 comentários:

Carlos Leite disse...

A Lombinho é gente boa e gosta de implicar. =)

E tu conseguiu botar a foto na lateral, xuxu! =***

Rafaella disse...

Que lindo mana!!!!
Duas peguntas:
Vc me ama?
Vc se preocupa cmg?
Adorei viu...
Beijos!
"QuÊÊÊÊÊEÊÊÊÊÊ?"

Hermington disse...

égua
eu pensava que o nome dela era Mariana...