domingo, maio 24, 2009

Basta!

Cheguei ao cume da minha impaciência e ao ápice da minha boa educação. Não é de hoje que sofro com a minha garagem, mas foi preciso deixar claro que é uma garagem para coisa funcionar.

Não sou boa motorista, mas também não ando mentindo por aí dizendo que sou. Tenho dificuldade com manobras, espaços, sou medrosa e dirijo um carro com uma traseira empinada que dificulta ainda mais esse meu problema. Posso não ser boa com essas coisas, mas sempre chego ao meu destino, nunca atropelei ninguém, não jogo lixo na rua e, principalmente, não estaciono em frente à garagem alheia. Coisa de gente com um pingo de sensatez, eu imagino.

Então essa semana eu mandei fazer a faixa explicativa: “SIM, É UMA GARAGEM!” justamente para aquelas pessoas que entram na minha estreita rua, olham meu portão maceta e se perguntam “Será que é uma garagem?”. Como não tinham resposta, colocavam o carro em frente ao meu portão e seguiam suas vidas tranquilamente.

Elas devem achar que mandei fazer um portão daquele tamanho pra passar com uma escada de 4,36 metros sem precisar incliná-la ou para ver quantas pessoas conseguem entrar de mãos dadas sem aperto, mas nunca pra eu entrar com um carro. Por isso, nada mais polido que esclarecer as coisas, não?
Infelizmente, a mensagem é interpretada por vários e é aí que eu viro assunto da rua. Ouvi os vizinhos sussurrando, se sentido humilhados, vitimizados e sensibilizados. Mas como bem dizia Sócrates: “Pimenta nos olhos dos outros é refresco” e ninguém nunca reconhece o problema do outro.

A faixa definitivamente cumpriu seu papel. A convivência social precisa de conflitos de vez em quando para as pessoas reconhecerem que existe um problema e, se eu sou a única com coragem de falar, que falem de mim.

Um bjoenãomeliga

10 comentários:

Samuel Bryan disse...

ok!
vai funcionar que é uma beleza.
mas esteticamente, se voce tivesse colocado "vende-se picolé" não ia fazer diferença
hahaha

Hugo Costa disse...

as vezes tem que se falar a mesma lingua dos ignorantes!!

só assim...

Kaline Rossi disse...

Muito bem! Mas pra resolver a questão com a vizinhança manda fazer outra faixa com a frase: ' Cara feia pra mim é fome'
ahaha

Emanuele Nogueira disse...

Eu ligo SIM!!!
Pra dar um apoio moral...
a escandalosa deve tá p... rsrsrsrsr
Bju e me liga!!!!

O seringueiro Voador disse...

Quero essa foto pro quadro

imagem da semana no meu blog

posso?

Nattércia Damasceno disse...

Samuel, tá até funcionando...Mas muita gente ainda pensa que é "Vende-se esta casa" ou "Vende-se refresco" e desce metade da rua pra conferir rs.
Hugo, você não sabe o que o vizinho falou pra mim, menino! E eu respondi no mesmo tom. Fiquei super orgulhosa de mim.
Kaline, estou pensando até em mandar fazer uam série de faixas pras pessos não enjoarem, né?
Manu, me liga pra gente ir ver filme ou tomar sorvete rs
Serigueiro, pode usara foto!

#2 disse...

porra, nenhum recado pra mim?
nunca mais entro nessa £¬¬³¢¬¬¬¢

Vizzi disse...

por isso que eu te amo :P
saudadess

Bel disse...

Sensacional!!!

Pensando em fazer o mesmo para o cunhado do vizinho parar de estacionar na frente da garagem, disse ao meu pai que ele faz isso de propósito, já que ele visita a casa ao lado, mas meu pai sendo uma pessoa dona de uma paciência fora do comum com pessoas estranhas, menos comigo, é claro, diz que não temos que aborrecer com essas coisas, é só não tentar sair de casa enquanto ele estiver visitando o nosso vizinho. E assim viveremos de bem como todas as pessoas da rua.

Beijos

Golby disse...

Muito bom Nattercia. Espero sinceramente que esteja funcionando. Qdo crescer quero escrever igual a você. Bj. Te linkei no meu blog.